segunda-feira, 18 de março de 2013

Desmaquilhante bifásico - eficácia comprovada!

Os olhos são a zona mais sensível do rosto e temos alguma tendência para esquecer os seus cuidados. A limpeza da maquilhagem desta zona pode ser enganadora e é essencial que seja mesmo bem feita. Nunca usara um desmaquilhante bifásico. Senti necessidade de procurar um pois uso máscara de pestanas diariamente e apercebi-me de que, talvez nem sempre ficasse tudo bem limpinho. Mesmo passando montes de vezes com cotonete no fim. 
Na perfumaria foi-me aconselhado um da Clinique (um bocadito caro para a minha carteirinha destes tempos) e o da Anne Moller (olhos e lábios). Em casa experimentei e até gostei. Sim, ficou melhor, as pestanas ficaram mais fininhas no fim, ok! estava bom.
Mas, a prova mesmo aconteceu uma semana depois, por um acaso. Estava com um pincel que usei algumas vezes para aplicar um delineador mega forte, pega mesmo, parece graxa no fim de seco...Bem, quis limpar os pelinhos, que além de pretos tinham ficado duros. Tentei normalmente e depois lembrei-me do desmaquilhante. 

EU NEM QUERIA ACREDITAR!!! Todo o resto de delineador escorreu dos pelos e o meu pincel afinal tinha os pelos castanho-claro!
Se tinha alguma dúvida fiquei logo convencida! E o preço é acessível, custa cerca de 10 €.

sábado, 16 de março de 2013

Emagrecer saudavelmente

No ano passado consultei uma nutricionista para me ajudar a perceber como estava a aumentar tanto de peso. Tinha tido variadíssimas tentativas através de milagrosos comprimidos que facilmente me fizeram desistir.
Na primeira consulta tinha expectativas de que sairia de lá com aconselhamento e alguma medicação. Os conselhos foram ótimos e afinal não havia nenhuma medicação. Ao contrário de algumas pessoas eu não como em excesso. Só bebia leite ao pequeno-almoço, e fazia outras 3 ou 4 refeições.Comia vegetais, frutas, tinha algum cuidado com o tipo de alimentação, não fazia exercício físico aeróbico. O conselho foi introduzir o consumo de pequenas quantidades de hidratos de carbono (através de biscoitos, bolacha Maria, pão com a fruta do lanche) no meio das grandes refeições e...fazer umas caminhadas.Manter o estômago sempre ocupado, beber mais água, acelerar o metabolismo. Segui os conselhos com força de vontade, desde há 1 ano que também como ao pequeno-almoço. Emagreci a comer mais!

Gostaria de partilhar a minha evolução:
Estamos muito satisfeitas as duas!


domingo, 3 de março de 2013

Pó de rosto : Candlelight - Dita Von Teese - Artdeco

Necessitava de dar uma ar de vida ao meu rosto...Além da crise, do cansaço, temos tido este Inverno interminável cinzento e frio. Conhecer a Douglas. Fui à procura de uma base iluminadora e trouxe mais...

 É um pó compacto de brilho de efeito sedoso com pigmentos que reflectem a luz e dão à pele um aspecto delicado e sensual, sem oleosidade. Na pele fica transparente e pode ser aplicado no final da maquilhagem habitual pelo rosto todo e/ou também acentuar mais algumas zonas de contorno.
Sobre a base fica lindíssimo, senti-me linda e revitalizada! Sobre o hidratante apenas também faz efeito mas diferente, claro. Usar um pincel bem farfalhudo; traz esponja para retoques fora de casa a usar com o espelho da tampa.
É um produto da ARTDECO, marca alemã, e esta é uma coleção estilo vintage. A caixa também me ajudou a cair na tentação. É linda!

Como aplicar blush

Como disse anteriormente, o blush ainda não me conquistou muito, talvez por facilmente ficar rosadinha. Daí pensar que era desnecessário. No entanto, vou matando a curiosidade lendo instruções, vendo asguns vídeos, e por aí..
Andava um bocado confusa e já estava convencida de que a forma correcta de aplicar o blush seria fazer um sorriso, ou boquinha de peixe, e com o pincel começar a aplicar o blush desde a maçã do rosto e ir esfumando até à têmpora/zona da orelha. Ontem, numa demonstração na Douglas, a maquilhadora começou a aplicar-me o blush a partir da têmpora, na vertical. Quando a questionei explicou-me:
  1. Quando nos maquilhamos queremos ficar com a cara linda e damos-lhe um aspecto uniforme. O blush serve para dar algum contorno ao rosto e um ar saudável, não artificial.
  2. Apesar de sacudirmos o pincel para tirar o excesso, o primeiro sítio onde aplicamos é onde fica mais marcado. A ideia é dar uma tonalidade e não fazer marca. Por esse motivo devemos começar na têmpora e ir trazendo para a frente esfumando.
  3. O tom: tenho um tom de pele clara e o meu rosto é redondo. Os tons castanhos favorecem-me e, misturando com um pincel em diferentes blush, podemos criar o tom mais adequado.
Entretanto, como não tenho imagens próprias, encontrei uma página mesmo a acertar, aqui vai:

sábado, 2 de março de 2013

Paletas artesanais: blush e sombras

Apesar de ser uma apaixonada por maquilhagem, o blush continua a ser "aquele" que ainda não me seduziu por completo. Em grande parte, penso que isso se deve ao facto de eu ser bastante clara e ficar rosadinha com facilidade! No entanto, há algum tempo juntei todos os que tinha e criei uma paleta de blush. 


  1. Comecei por procurar um dos imensos estojos para os lápis que a avó foi oferecendo aos netinhos. 
  2. Com uma faca retirei cada blush da sua caixa. 
  3. Com fita cola de dupla face fixei cada um deles e criei a tal paleta de blush.       
O pobrezito do 2º caíu sanita abaixo quando estava e pôr o estojo mais limpinho para a foto...