domingo, 29 de novembro de 2015

Teint Visionnaire...chegou ao fim

A minha adorada base chegou ao fim, agora não me resta mais do que tentar extrair o máximo de produto restante do frasco e aproveitar a parte de cima da tampa com o corretor e espelho. 

Recomendo vivamente...e já há muito que tenho outro frasco em stock!!! Não fosse acabar a linha ou o dinheiro ....


Dicas para escolher a base


Dicas para escolher bem a base:
  • Conhecer o seu tipo de pele (sensível, seca, oleosa, mista). A pele seca pede um produto que dê conforto, portanto mais cremoso, mais líquido. A pele oleosa a mista pede um produto oil-free e mais matificante.
  • Que tipo de cobertura precisa? Leve, média ou alta? Tenha em conta que ao aplicar a base em camadas poderá trabalhá-la até conseguir a cobertura que deseja. Mas use o bom senso...
  • Que efeito pretende? Uma pele mate ou  com efeito de luminosidade?
  • A cor? Esta é certamente das maiores dúvidas. O ideal é experimentar na zona do maxilar mais perto da orelha e junto ao pescoço. Selecione três tons que lhe pareçam ser os mais próximos do seu tom de pele e aplique nessa zona marcando três traços. Aquele que parece desaparecer ou que se funde melhor na sua pele é o tom ideal. Salvaguarde que entre o Inverno e o Verão o seu tom pode alterar.
É importante lembrar que atualmente  há uma enorme oferta de produtos nesta área e que desde a marca mais barata até à mais cara pode haver boas e más opções. Teste sempre senão vai gastar dinheiro em vão. Pessoalmente já fiz esse erro e prefiro investir mais num produto que me satisfaz plenamente do que andar sempre insatisfeita e constantemente à procura.


Nestes anos mais recentes tenho-me vindo a aperceber de que as nossas mulheres se tornam cada vez mais adeptas do uso de base. No meu caso não era uma necessidade para cobrir imperfeições, felizmente. Achava que ficava lindo a quem soubesse fazer uso dela mas também tinha receio de parecer artificial. Porém já uso há algum tempo com regularidade, principalmente no Inverno. Alio os cuidados de um produto hidratante ao estético de um rosto com uma cor harmoniosa e radiante.

Antes de saber escolher corretamente a base é imprescindível ter uma pele perfeitamente cuidada e hidratada... e o magnifico da base é, ao ser bem escolhida e bem aplicada, ficarmos com um aspeto natural, sem se notar nada e com uma pele mais bonita, mais uniforme e iluminada!

sábado, 14 de novembro de 2015

Lápis da Flormar...lindo!!!

Apesar de ter vários lápis de olhos de cor nem sempre me sinto muito ousada e ando pelos mais discretos, quando uso lápis. Bem, hoje descobri uma cor fantástica: está entre o azul e o verde, é da Flormar, macio, de longa duração e um preço bem acessível. Estas fotos não lhe fazem justiça mas...é lindo, adoro!


A cotonete...outra vez


Até a cotonete merece um sítio especial...
Às vezes sou muito caprichosa e tenho as minhas mariquices, simplesmente porque gosto de ver coisas bonitas. 
A cotonete é imprescindível durante a minha make, mesmo que só precise de um bocadito, é uma aliada na hora de limpar qualquer coisita. 

Quem nunca pôs a língua de fora e molhou a cotonete para a seguir limpar aquele risco mal feito?... Acuso-me!

terça-feira, 10 de novembro de 2015

Ajuda para escolher a cor da base

Ao viajar pelo mundo dos sites e das páginas descobri um site espetacular que nos ajuda a encontrar, em diferentes marcas, o tom de base adequado a nós. Para isso temos de introduzir como referência uma ou duas marcas de base e respetivos tons. A partir dessa informação o site enumera uma lista de variadíssimas marcas e identifica as bases que devemos escolher. é ou não é um espetáculo???





Ora espreitem e digam o que acham e vejam também lá na página do facebook da ana.agridoce.

Antes e depois

Foi com um prazer imenso que dediquei algum tempo a estas duas queridas. Não foi nada de especial, apenas um toque para contrastar com o habitual do dia a dia, até porque  onde há um coração bonito é só deixá-lo bater...

Além disso, com a montanha de produtos que tenho fico muito contente por poder partilhar :)




domingo, 1 de novembro de 2015

Maquilhagem # mulheres vida real

Gosto imenso de "pintar" os olhos e atualmente faço a maquilhagem de rosto completa. 
Admiro imenso aquelas maquilhagens de olhos lindas mas, depois na realidade, são difíceis de combinar com o nosso dia-a-dia por variadíssimas razões. No entanto isso também não deve ser impedimento para  ousarmos e temos de ajustar tudo um bocadinho aliando o bom senso.
Esta é uma maquilhagem que faço para um dia normal de trabalho , em que puxo um bocadinho mais pela cor mas que me faz sentir confiante, segura e confortável comigo.


Produtos usados:
No rosto: após limpeza e hidratação da pele apliquei a base Teint Visionnaire da Lancôme e passei um bocadinho de pó da Clarins para particularmente matificar a zona T. A maior parte das vezes dispenso o primer. Na zona da olheira apliquei um pouco de iluminador da Maybelline. 
Como blush usei o Illuminating (I am nuts about you) da Catrice.

Na sobrancelha: usei o lápis de sobrancelha da It Style e a máscara transparente da Essence.
Nos olhos: apliquei um bocadito de primer para olhos da ArtDeco e usei a sombra nº 26 cor de vinho da Collistar a partir do canto externo. Usei também como cor de transição o rosa Sweet Candy nº41 da Sephora, juntei também a cor Burnout da Naked 3 da Urban Decay. Abaixo da  sobrancelha iluminei com a cor Strange desta paleta. 
Nas pestanas apliquei a minha máscara favorita Explosión de Pestañas da Maybelline .

Nos lábios: um gloss rosa de uma paleta que uso muito ultimamente.

E os meus pincéis prediletos: os da Beter Elite, super macios e muito profissionais.

Eu sei, que grande misturada de produtos! Tudo em perfeita harmonia!